Notícias

Após morte de estudante, Cachoeira sedia audiência sobre feminicídio nesta segunda

Nesta segunda-feira, 2, Cachoeira vai sediar a audiência itinerante ‘Violência contra a Mulher, Feminicídio e Políticas de Empoderamento’ no auditório da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). A ação é uma iniciativa da Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e acontece às 18h.

A atividade faz parte do calendário de audiências itinerantes da Alba pelo estado e foi antecipada após o feminicídio da estudante da UFRB e liderança quilombola, Elitânia de Souza da Hora, 25, que foi morta a tiros quando chegava em casa, em um bairro próximo à universidade. Segundo informações da Polícia Civil, o ex-namorado da vítima, José Alexandre Passos Goes Silva, 34, é o principal suspeito do crime e já está preso.

“Estamos seguindo um cronograma de audiências com o objetivo de contemplar todos os 27 territórios de identidade da Bahia. Adiantamos a audiência do Território do Recôncavo após a terrível notícia de feminicídio de uma jovem negra, estudante universitária, assassinada na porta da UFRB. O crime de feminicídio tem crescido e temos que elevar a luta pela vida das mulheres, reagir à banalização da violência de gênero e ao racismo, que são estruturais”, explicou a presidente da Comissão dos Direitos da Mulher, a deputada estadual Olívia Santana.

No debate, participarão, além das deputadas que compõem a comissão, parlamentares da região, representantes dos movimentos de mulheres e sociedade civil. No evento, o público terá a oportunidade de conhecer os organismos de enfrentamento à violência contra a mulher no Recôncavo. (Secom/Gov.Ba)

 

DESTAQUE

CONTADOR DE ACESSOS

contador gratuito de visitas

Rádio Santa Cruz FM 87,9

PUBLICIDADE