Notícias

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Na manhã desta terça-feira (24), morreu o pai de Zezé di Camargo e Luciano, Francisco José de Camargo, de 84 anos, em um hospital em Goiânia. A informação foi confirmada pela assessoria sertaneja.

Francisco ficou nacionalmente conhecido após o lançamento do filme “2 Filhos de Francisco”, em 2005, no qual retrata a trajetória de sua família e seus filhos que já brilhavam na música brasileira desde jovens. Primeiro longa-metragem do cineasta de Breno Silveira, a cinebiografia atingiu 5,6 milhões de espectadores e se tornou a maior bilheteria do cinema nacional até então.

O patriarca deixa a esposa, Helena Siqueira de Camargo, de 75 anos, oito filhos, dez netos e dois bisnetos.

O velório está programado para as 10h e o sepultamento, para as 17h em Goiânia.

Comunicado da assessoria de Zezé di Camargo e Luciano sobre morte de Francisco.

“‘Seu’ Francisco se despede com a certeza de missão cumprida

Nascido em Sítio Novo, no interior de Goiás, o homem que um dia presenteou os colegas de trabalho da obra, na construção civil, com fichas telefônicas, sob a condição de que eles usassem as moedas para ligar na principal rádio de Goiânia pedindo pela canção chamada “É o Amor”), despediu-se de nós, nesta segunda feira (23), aos 83 anos, com a sensação de dever mais do que cumprido.

Desde que começou a multiplicar filhos com Dona Helena, “seu Francisco” preparava com afinco a dupla sertaneja com que tanto sonhava. Primeiro fez de Emival, o segundo filho, par de Mirosmar, o primogênito, mas, quis o destino que Emival saísse de cena precocemente. Só muitos anos depois, o Seu Francisco foi ver Mirosmar alinhado com o Welson David, ambos atendendo já como Zezé Di Camargo e Luciano.

A essa altura, o amor já era algo que mexia com a nossa cabeça e o nosso coração, e fazia a gente “entender que a vida é nada sem você”. Neste momento, diante da partida do pai, os filhos todos de Francisco – Mirosmar José, Emmanoel José, Marlene, Wellington, Walter, Welson David, Werlei e Luciele entoam justamente esse verso, certos de que a vida não seria nada sem ele e a parceria da mãe, a guerreira dona Helena, que tem amparado os filhos e netos com uma força descomunal.

De origem extremamente humilde, Seu Francisco viveu bem e o bastante para experimentar a maior das dores -a perda de um filho- e a mais gratificante das vitórias, que é o alcance do êxito absoluto dos filhos. Teve sua história contada em filme visto por a grande consagração dos filhos. Ainda há poucos dias, contabilizaram-lhe, em uma mesa, os quase 7 milhões de pessoas que foram assistir a esse enredo só no cinema. Salve!

O pai do Seu Francisco chamava-se Onofre Francisco. Ele pensava que Francisco fosse sobrenome e foi batizando todos os filhos com Francisco: Vicente Francisco, Liberato Francisco… O impasse se deu quando quis batizar um deles justamente com o nome de Francisco. Não podia ser Francisco Francisco. E então ficou Francisco José, acrescido de Camargo. E assim ele formou com honra o clã que todos amam.

Foi embora um homem simples, que deixou um grande exemplo de superação com um legado de honestidade!
Arleyde”

DESTAQUE

CONTADOR DE ACESSOS

contador gratuito de visitas

FACEBOOK

Rádio Santa Cruz FM 87,9

PUBLICIDADE