MURAL DE NOTÍCIAS

Bahia tem jogador expulso, leva 3 a 0 do Cuiabá na Fonte e se complica na briga contra o Z-4

O Bahia se complicou na briga contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (9), o Esquadrão de Aço foi derrotado na Arena Fonte Nova pelo Cuiabá, por 3 a 0, e estacionou nos 37 pontos. O Cruzeiro, que abre o Z-4, tem a mesma pontuação e dois jogos a menos.

A partida desta quinta ficou marcada pela expulsão de Camilo Cándido aos 19 minutos do primeiro tempo. A bola tocou no braço do lateral-esquerdo tricolor, dentro da área, e o árbitro entendeu que era lance para vermelho. Deyverson, de pênalti, Pitta e Ronald marcaram os gols do Dourado.

O próximo compromisso do Bahia é contra o Athletico-PR, no domingo (12), às 18h30, pela 34ª rodada do Brasileirão.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira finalização do Bahia ocorreu aos nove minutos. Biel cobrou escanteio e Acevedo desviou de cabeça. A bola passou com perigo à direita do gol de Walter.

Prejuízo duplo

A resposta do Cuiabá foi fatal. Aos 19 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Cuiabá após enxergar toque de mão de Camilo Cándido. O lateral-esquerdo do Bahia foi expulso e Deyverson abriu o placar para o Dourado.

O Tricolor quase empatou aos 33. Após boa troca de passes na área, Acevedo chutou para ótima defesa de Walter. Luciano Juba pegou a sobra e tentou o gol, mas parou na marcação adversária.

Juba finalizou de novo aos 37, com falta por cima do gol.

SEGUNDO TEMPO

Quem chegou primeiro na etapa final foi o Cuiabá. Logo aos quatro minutos, Derik Lacerda cabececou com perigo à meta de Marcos Felipe.

Expulsão anulada

O que já estava ruim quase ficou ainda pior. Aos 12 minutos, Vitor Hugo fez falta em Derik na entrada da área e recebeu o cartão vermelho. Seria o segundo jogador expulso do Bahia, mas, após consulta ao VAR, o árbitro flagrou toque na mão do atacante do Cuiabá na origem da jogada.

Aos 17, Kanu recebeu cruzamento na área e desviou de cabeça na direção do gol. Walter estava esperto para defender novamente.

Pitta mata o jogo

O golpe fatal veio aos 31 minutos. Isidro Pitta recebeu com liberdade no contra-ataque, invadiu a área do Bahia e chutou de esquerda para o gol. Marcos Felipe ainda tocou na bola, mas ela morreu no fundo da rede.

O Bahia tentou responder logo na sequência. Após cruzamento na área, Luciano Juba cabeceou forte, no centro do gol, e parou em Walter.

Marcos Felipe salvou o Bahia de levar o terceiro gol aos 44 minutos. Pitta ajeitou de calcanhar para Ronald, que chutou para bela defesa do goleiro do Esquadrão. L

Para completar a festa cuiabana

Ronald completou a festa do Dourado aos 52 minutos, em novo contra-ataque. Wellington Silva partiu sozinho no campo ofensivo e deixou o companheiro na boa para mandar para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
Bahia 0 x 3 Cuiabá
Campeonato Brasileiro – 33ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 08/11/2023 (quinta-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Rezende (Bahia) / Jonathan Cafú, Deyverson, Allyson e Rikelme (Cuiabá)
Cartão vermelho: Camilo Cándido (Bahia)
Gols: Deyverson, Pitta e Ronald (Cuiabá)

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo (Rafael Ratão) e Camilo Cándido; Rezende, Acevedo, Yago Felipe (Matheus Bahia) e Cauly (Lucas Mugni); Biel (Luciano Juba) e Everaldo (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.

Cuiabá: Walter; Matheus Alexandre, Alan Empereur, Marllon e Rikelme; Allyson (Filipe Augusto), Raniele e Denilson (Ronald Lopes); Jonathan Cafu (Derik Lacerda), Clayson (Wellington Silva) e Deyverson (Isidro Pitta). Técnico: António Oliveira.

(Bahia Notícias)

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *