MURAL DE NOTÍCIAS

Ela quer o nome do pai na certidão da filha, diz advogado de húngara que pede DNA de Neymar

No último dia 21 de janeiro, a húngara Gabriella Gaspar deu entrada na Vara da Família do Foro Central Cível de São Paulo com um pedido de averiguação de paternidade de Neymar. A ex-modelo, que hoje trabalha como estoquista em Budapeste, capital da Hungria, afirma que o atacante da seleção brasileira é pai de Jazmin Zoé, 9.

“Ela o conheceu na Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra. A seleção brasileira estava lá para um amistoso e ela tinha ido a passeio. Eles tiveram um relacionamento rápido e ela engravidou”, contou à Folha de S.Paulo o advogado de Gabriella, Angelo Carbone.

Segundo Carbone, Gaspar tentou várias vezes entrar em contato com o jogador. Chegou a trocar mensagens com Neymar pai e com a irmã, Rafaella Santos, nos últimos sete anos, mas nada de concreto foi feito e ela então decidiu entrar na Justiça brasileira. “O que ela mais quer é que a filha tenha o nome do pai na certidão”.

Além da confirmação da paternidade, Gabriella pede uma pensão mensal de 30 mil euros, um pouco mais de R$ 160 mil. “Também estamos solicitando um valor retroativo referente ao tempo em que Gabriella teve que arcar com todos os gastos referentes à menina, que está prestes a completar 10 anos”, disse Carbone. “Passa de R$ 20 milhões”, afirma.

Neymar, oficialmente, é pai de Davi Lucca, fruto da sua relação com a Carol Dantas, e de Mavie, com Bruna Biancardi. Mas a prole do atacante Al Hilal, da Arábia Saudita, pode não parar por aí. Recentemente, surgiram rumores de que a modelo e influenciadora brasileira Kimberlly estaria grávida de quatro meses do jogador. Neymar já teria concordado em fazer o teste de DNA quando a criança nascer.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Neymar e não recebeu uma resposta.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *