Destaque Fama e TV

Claudia Rodrigues deixa hospital e fala da luta contra sequelas da esclerose

A atriz Claudia Rodrigues, 51, deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na tarde desta terça-feira (20). Ela estava internada devido à suspensão dos remédios contra a esclerose múltipla, para poder receber vacina contra a Covid-19.

Durante o período em que ficou internada, Rodrigues piorou da doença contra a qual luta há anos, e sua empresária, Adriane Bonato, chegou a fazer um apelo emocionado nas redes sociais para a antecipação da segunda dose do imunizante.

“Agora vou voltar para minha casa, para minha filha, porque estou morrendo de saudade. E para minha reabilitação, porque estou me esforçando muito para me recuperar das sequelas da esclerose múltipla”, afirmou Rodrigues nesta terça-feira.

Em um vídeo postado nas redes sociais de sua empresária, a atriz disse ainda que não faz mais tratamento, mas, sim, treinamento: “Virei atleta, começo às 9h e vou até as 20h. Só paro por duas horas para almoçar e descansar”, afirmou ela.

A recuperação foi possível graças à antecipação da segunda dose da vacina Pfizer, em cerca de um mês, permitindo que Rodrigues retomasse a medicação contra a esclerose. Segundo sua empresária, não há estudos que garantam a segurança da vacinação enquanto ela estivesse ainda com a medicação, por isso a suspensão.

Sucesso na série “A Diarista”, que foi ao ar entre 2004 e 2007, Rodrigues foi diagnosticada no ano 2000 com esclerose múltipla, doença que ataca o sistema nervoso central e pode prejudicar a visão, a coordenação motora e a fala.

DESTAQUE

CONTADOR DE ACESSOS

contador gratuito de visitas

FACEBOOK

PUBLICIDADE