Notícias

Covid-19: Bruno Reis anuncia vacinação de pessoas a partir de 52 anos na quinta-feira em Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou que pessoas a partir de 52 anos começarão a ser vacinadas contra a Covid-19 na quinta-feira (10). A informação foi divulgada nesta quarta (9), data em que é celebrado o Dia Nacional da Imunização no Brasil.

O gestor municipal também anunciou a ampliação do número de vacinadores, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb).

A assinatura do convênio com a Fieb contou com as presenças do presidente da instituição, Ricardo Alban, e do superintendente do Serviço Social da Indústria (Sesi), Armando Neto. Também esteve no ato simbólico o titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

Na ocasião, o prefeito declarou que a parceria visa acelerar ainda mais o processo de vacinação, principalmente pela expectativa da chegada de mais doses e novas vacinas, principalmente a partir do segundo semestre deste ano.

Bruno Reis destacou que a Fieb vai disponibilizar 50 profissionais, entre eles auxiliares técnicos em enfermagem, que irão atuar como vacinadores e auxiliares administrativos para trabalhar na triagem que, segundo o prefeito, é a função mais difícil. Isso porque, ainda de acordo com o gestor, a demora é maior para a conferência e cadastramento dos dados do que para a aplicação das doses.

Balanço da imunização

Na ocasião, Bruno ainda falou sobre o balanço da imunização na capital baiana. Segundo ele, o ritmo acaba sendo ditado conforme a quantidade de vacinas.

O prefeito informou que na terça-feira (8) cerca de 42% da população alvo, de um total de 1,978 milhão acima de 18 anos, foi vacinada com primeira dose, ou seja, 840 mil pessoas.

A expectativa, segundo ele, é passar de 50% de imunizados neste mês de junho.

O gestor ainda aproveitou para fazer um apelo para as quase 21 mil pessoas que ainda não tomaram a segunda dose. Bruno Reis pediu que elas compareçam aos postos.

Segundo a prefeitura de Salvadora, a capital baiana possui 1,5 mil profissionais de saúde envolvidos na vacinação. Na próxima segunda (14), mais 250 profissionais irão reforçar a equipe. Desde o início da ação, em janeiro deste ano, a capital baiana tem imunizado o público nas fases indicadas pelo Plano Nacional de Imunização.

Orçamento da Saúde

Ainda nesta quarta, Bruno Reis falou sobre o desafio orçamentário da gestão para manter a estrutura montada para o enfrentamento da Covid-19.

O prefeito informou que a situação das contas da prefeitura está muito crítica porque, em 2020, houve apoio de recursos federais para o enfrentamento à pandemia.

Segundo Bruno Reis, em nove meses de 2020, a gestão recebeu cerca de R$534 milhões e, este ano, não receberam nem R$20 milhões, ao longo dos seis meses.

O prefeito ainda ressaltou que a estrutura deste ano é maior do que a de 2020, porque o número de leitos foi ampliado. Segundo ele, cada diária de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid custa cerca de R$ 2,4 mil.

Fonte: G1/BA

DESTAQUE

CONTADOR DE ACESSOS

contador gratuito de visitas

FACEBOOK

PUBLICIDADE